Siga-me

Alternância de poder?

Por Carlos Mendes "Martini"   /     out 27, 2014  /     MEMEnganos  /  

alternância de poder?Eu estava olhando os posts dos meus amigos no Facebook agora pela manhã e acabei deparando com este meme que, originalmente (pelo menos no post mais antigo que eu o encontrei) era para ser uma gozação, uma brincadeira.

Até aí tudo bem. Só que, pelo que eu vejo nos comentários, há pessoas que REALMENTE LEVAM A SÉRIO (!!!) a barafunda que esse meme faz e que, para qualquer pessoa com um mínimo de conhecimento e discernimento, beira a imbecilidade e não poderia, jamais, ser coisa alguma além de uma piada tosca.

Bom, eu um país no qual todo o sistema educacional está aparelhado pela esquerda para fazer as pessoas pensarem todas da mesma forma, tal como bonecos saindo de uma linha de produção, é esperado que as pessoas façam uma enorme confusão entre questões diversas como poder político, poder econômico e sistema de livre mercado.

Como eu já expliquei antes, vou tentar usar uma linguagem acessível, porque a ideia deste blog é explicar as coisas para quem não entende dos assuntos relacionados.

Vamos lá.

O que é a alternância de poder?

Alternância de poder é a possibilidade de troca dos poderes políticos que estão no comando da nação por outros de grupos/partidos/ideologias diferentes, a fim de manter um sistema com diversidade de ideias (para favorecer também aos eleitores com ideias diferentes daquelas dos políticos eleitos) e de evitar que o sistema se torne viciado, aparelhado, tal como acontece no caso do Brasil. Aqui partidários da esquerda aparelharam o sistema educacional, transformando escolas e cursos em pontos de doutrinação marxista, enquanto o PT aparelhou o STF, o TSE, e está alastrando seus tentáculos em outras instituições (fique de olho na “reforma política” que vem aí e veja como a ideia petista é simplesmente solapar e subjugar todas as instituições democráticas). Isso “vicia” a democracia, faz com que gente com uma única forma de pensar tome conta de todos os poderes constituídos, esmagando qualquer oposição e calando todo aquele que apresenta outras ideias e formas de pensar.

Por outro lado, não faz nenhum sentido falar em alternância de poder econômico — pelo menos não da mesma forma que se fala da alternância de poder político descrita acima — pelo simples fato de que o poder econômico, em um sistema de livre mercado, é estabelecido por relações voluntárias de compra e venda de produtos e/ou serviços. Se você POR EXEMPLO não quer ou não precisa de um iPhone, ninguém poderá te obrigar a comprar um (e apenas este fato, por si só, já torna uma estupidez o discurso socialista de boutique que afirma que somos todos “escravos do capitalismo”). Da mesma forma, portanto, você só terá uma faxineira se estiver disposto a pagar por uma e ela só trabalhará para você se ela quiser e se você pagar o valor acordado. Tudo de comum acordo, em uma negociação espontânea e voluntária, não havendo “poder” seu sobre ela além do poder de dizer a ela como fazer o trabalho.

Voltando ao meme, ele não apenas confunde alternância de poder político com alternância de poder econômico — confusão que, como mostrei acima, é algo desprovido de qualquer sentido — como tenta estabelecer uma relação sem sentido entre patrão e empregado. Ora, primeiro, você paga sua faxineira pelo trabalho dela. Você aceitou pagar um valor pela força de trabalho dela e ela aceitou trabalhar para você, de comum acordo. Não é um trabalho escravo. Assim, se ela quiser que você vá arrumar a casa dela, ela também terá que pagar a você por isso.

Portanto, a não ser que você olhe para este meme como uma piada tola apenas, ele será sempre ridículo, sempre uma aberração sem sentido.

O problema, como expliquei no começo deste texto, é que há muita gente olhando para essa bobagem e levando-a a sério, respondendo com a mais variada seleção de estultices possíveis.

Veja:

É fato: você estuda engenharia para ser engenheiro. Mas é claro que não há nada de errado em um engenheiro trabalhar fazendo  faxina DESDE QUE SEJA POR VONTADE PRÓPRIA. Afinal, nós AINDA estamos em um país livre. E se ele quiser mesmo fazer o trabalho, ele vai cobrar por isso, do mesmo modo como qualquer faxineira/diarista cobra.

Afinal, o trabalho de faxineiro não é um trabalho escravo.

Seleção_004

Essa imbecilidade sobre os 500 anos de direita no poder eu já expliquei AQUI.

Este outro aqui mistura o assunto dos “500 anos de direita no poder” mencionado acima com a falácia da exploração dos pobres. Se ele simplesmente comparar a vida de um rico de 500 anos atrás com a de um pobre hoje, verá o tamanho da idiotice que falou.

É fato incontestável que o capitalismo e a industrialização dos bens de consumo tornaram os preços desses bens acessíveis à população mais carente, além de serem os responsáveis diretos pelos avanços tecnológicos em larga escala que permitem, por exemplo, que você esteja aí, usando um computador e lendo o que eu escrevo.

Assim, longe de prejudicar os pobres, o capitalismo permitiu uma melhoria no padrão de vida deles.

Juntando tudo que foi explicado aqui, caso não seja usado como uma piada, este meme só pode mesmo ter um destino:

lixeira

Comentários

Veja mais...

Carlos Mendes "Martini"

Carlos Mendes "Martini" é Gestor da Tecnologia da Informação pelo Centro Universitário Newton Paiva, estudante de Filosofia (aluno do Professor Olavo de Carvalho), ex-estudante de Economia na UFSC (pensando em retornar ao curso o mais breve possível) e Gerente Financeiro em uma empresa de varejo de madeiras e produtos relacionados.
Veja mais...

Últimos posts por Carlos Mendes "Martini" (exibir todos)

Sobre Carlos Mendes "Martini"

Carlos Mendes "Martini" é Gestor da Tecnologia da Informação pelo Centro Universitário Newton Paiva, estudante de Filosofia (aluno do Professor Olavo de Carvalho), ex-estudante de Economia na UFSC (pensando em retornar ao curso o mais breve possível) e Gerente Financeiro em uma empresa de varejo de madeiras e produtos relacionados.

Post a Comment

A blog about Wordpress design, development , Software and inspiration http://themesharebd.blogspot.com