Siga-me

Economiquês

Por Carlos Mendes "Martini"   /     out 21, 2014  /     Política e Economia  /  

Saiu na Folha de S. Paulo, via Facebook:

Na política externa, Dilma prioriza América do Sul; e Aécio, EUA e Europa.
http://uol.com/bqdX0S (via Folha Poder)

Olho para os comentários e vejo montes de aparvalhados úteis dizendo que os EUA é que são uma ditadura e defendendo ferozmente as ditaduras veladas hermanas bolivaristas.

Dilma x AécioEntão ficamos combinados que este é o conceito de “ditador” para idiotas: é todo aquele que não tem visão socialista do mundo. Os EUA, então, são uma ditadura. Já a Venezuela, onde praticamente não há imprensa livre; Cuba, de onde não se pode sair sem autorização do governo; e Coréia do Norte, onde até os cortes de cabelo são padronizados por lei — esses sim, são países “livres”.

É, nesses países as pessoas realmente são livres… livres para serem como o governo quiser que elas sejam e para pensar como os socialistas quiserem que elas pensem. E livres para escolher uma alternativa: ir embora. Ah não… em alguns casos não dá para ir embora. Bom, quem sabe há um espacinho em algum campo de concentração. Há sempre um Gulag velho para um reaça descalço. Ou quase isso.

Voegelin uma vez disse que, quando a realidade contrariava Marx, então Marx descartava a realidade. Isso porque Marx preferia continuar acreditando no seu conto de fadas demônios do que aceitar que sua ideologia tinha furos. E o mesmo serve para toda a esquerda até hoje: só o que interessa é a ideologia. Porque eles são almas boas, puras e caridosas que estão preocupadas com o social, com os pobres, com o bem estar do povo. Ora, contra tão puras intenções, o que é a realidade? É uma bobagem. Pouco importa que a soma 2 + 2 resulte 4, em nome do social ela tem que resultar 5 porque, afinal, é preciso separar 1 para a bolsa-família. Nem que seja preciso matar uns reaças por aí. E Viva la Revolución.

Meses atrás discuti com um ex-amigo (ele me deletou do Facebook dele, olha só que horror) por causa desse assunto. Falei que o socialismo é impossível porque contraria as leis da Economia, que são tão certas quanto as da física ou as da matemática. Não dá para fugir delas, pois elas te pegam ali na esquina. E não adianta levantar as mãozinhas para a Economia dizendo “ah, mas eu estava pensando nos mais pobres”.

Ele me respondeu que “o povo não quer saber de economiquês”.

É, bem assim, como se “não quero saber da realidade” fizesse a realidade deixar de existir. Ou tipo:

— Ah, essa Lei da Gravidade que impede o proletariado de voar é muito opressora! O povo não quer saber dela!

E aí, todo mundo ganha o poder de voar, simplesmente por negar a gravidade.

Simples assim.

Ora, o povo não quer saber de fisiquês. “Lei da Gravidade” o escambau! Qualquer coisa, o proletariado faz uma revolução, convoca uma nova constituinte e reescreve essa lei.

E assim vão brotando os votos na Dilma, como figuras ocultas atrás de toda criança, junto com os cachorrinhos…

Comentários

Veja mais...

Carlos Mendes "Martini"

Carlos Mendes "Martini" é Gestor da Tecnologia da Informação pelo Centro Universitário Newton Paiva e trabalha com consultoria e serviços de Tecnologia para empresas, em especial nas áreas de comércio eletrônico, construção civil e varejo de materiais de construção.
Veja mais...

Últimos posts por Carlos Mendes "Martini" (exibir todos)

Sobre Carlos Mendes "Martini"

Carlos Mendes "Martini" é Gestor da Tecnologia da Informação pelo Centro Universitário Newton Paiva e trabalha com consultoria e serviços de Tecnologia para empresas, em especial nas áreas de comércio eletrônico, construção civil e varejo de materiais de construção.

Post a Comment

A blog about Wordpress design, development , Software and inspiration http://themesharebd.blogspot.com